Previsão para a Brasil x Espanha (07 de agosto) Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

Publicado em Categorias Futebol internacional

Os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 (adiados para 2021 devido à pandemia do novo coronavírus) enfim terá sua decisão do futebol masculino. No próximo sábado, 7 de agosto, a partir das 8h30 (horário de Brasília), Brasil e Espanha medirão forças no estádio de Yokohama para ver quem conquistará seu segundo ouro olímpico na história.

Para a seleção brasileira, a mística do estádio, palco do pentacampeonato, e a geração forte comandada por Richarlison, do Everton, são as grandes apostas para faturar o bicampeonato consecutivo do futebol olímpico.

A Espanha, que faturou o ouro em 1992, quando Barcelona foi sede do torneio, conta com uma geração que teve seis atletas na última Euro 2020 para voltar ao topo do pódio. Abaixo, contaremos todos os detalhes das duas seleções.

Todas as informações Brasil x Espanha

  • Data e hora: sábado, 7 de agosto 2021, 08:30h (Horário de Brasília)
  • Sede: Estádio Yokohama, no Japão
  • Competição: final dos Jogos Olímpicos de Tóquio
  • Transmissão de TV: Globo e SporTV

Provável escalação do Brasil: Santos; Daniel Alves, Nino, Diego Carlos e Arana; Bruno Guimarães, Douglas Luiz e Claudinho; Antony, Matheus Cunha e Richarlison. Técnico: André Jardine.

Provável escalação da Espanha: Unai Simón; Óscar Gil, Eric Carcía, Pau Torres e Cucurella; Zubimendi, Merino e Pedri; Olmo, Asensio e Oyarzabal. Técnico: Luis de La Fuente.

Odds e previsões da Brasil x Espanha

A seleção brasileira é apontada com favoritismo para o duelo de sábado. Parte disso deve-se ao fato de estar mais “encorpada” e ter apresentado melhor futebol ao longo do torneio. Comandado pelo veterano Daniel Alves e pelo talento de Richarlison, o escrete canarinho vem com uma equipe de transição forte, que promete dar bons frutos nos próximos anos ao país, a começar pelos Jogos Olímpicos.

Porém, a Espanha tem seis atletas que disputaram a última Euro 2020, além de Asensio, do Real Madrid. Ou seja, é um adversário forte, que não à toa chegou à decisão dos Jogos de Tóquio.

Por isso, os bookies tão equilibrados em suas previsões. Os odds para o ouro brasileiro estão previstos em, média, em 1.75 para este confronto. Para a Espanha, a média é de 2.00.

— Confira também as apostas da Copa do Mundo 2022

Convocados do Brasil para os Jogos Olímpicos de Tóquio

Goleiros: Santos (Athletico-PR), Brenno (Grêmio) e Lucão (Vasco)

Laterais: Daniel Alves (São Paulo), Gabriel Menino (Palmeiras), Guilherme Arana (Atlético-MG) e Abner (Athletico)

Zagueiros: Gabriel Magalhães (Arsenal), Nino (Fluminense), Diego Carlos (Sevilla) e Bruno Fuchs (CSKA)

Meias: Douglas Luiz (Aston Villa), Bruno Guimarães (Lyon), Douglas Augusto (PAOK), Claudinho (Red Bull Bragantino), Matheus Henrique (Grêmio) e Reinier (Borussia Dortmund)

Atacantes: Matheus Cunha (Hertha Berlim), Martinelli (Arsenal), Antony (Ajax), Paulinho (Bayer Leverkusen) e Richarlison (Everton)

Convocados da Espanha para os Jogos Olímpicos de Tóquio

Goleiros: Álvaro Fernández (Huesca), Unai Simón (Atlético de Madrid), Álex Domínguez (Las Palmas)

Defensores: Óscar Mingueza (Barcelona), Jesús Vallejo (Granada), Eric García (Barcelona), Pau Torres (Villarreal), Óscar Gil (Espanyol), Juan Miranda (Bétis).

Meias: Marc Cucurella (Getafe), Jon Moncayola (Osasuna), Martín Zubimendi (Real Sociedad), Dani Ceballos (Real Madrid), Mikel Merino (Real Sociedad), Carlos Soler (Valencia), Pedri (Barcelona).

Atacantes: Bryan Gil (Sevilla), Marco Asensio (Real Madrid), Dani Olmo (RB Leipzig), Mikel Oyarzabal (Real Sociedad), Rafa Mir (Wolverhampton), Javi Puado (Espanyol).

— Veja aqui informações sobre a Copa do Mundo 2022