Estrelas da Copa América 2021

A Copa América 2021 fará justiça à história centenária da competição entre seleções mais antiga do futebol mundial. Neste ano, os estádios de Argentina e Colômbia, os países sedes da edição, receberão estrelas de todo o planeta, que darão um brilho a mais à busca por um dos mais cobiçados troféus do esporte bretão.

Como muitos desses superstars estão no topo da prateleira do futebol mundial, a equipe editorial do Futeboleiro optou por escolher um destaque em cada uma das dez seleções participantes do torneio sul-americano.

Para elencar as principais estrelas da Copa do Mundo, optamos não somente pelo status do atleta. Por isso, também levamos em conta sua experiência, suas conquistas ao longo da carreira, sua relevância técnica em meio ao grupo e seu poder de desequilibrar grandes jogos. Para não gerar polêmica sobre quem é melhor jogador da Copa America 2021 ou pior, eles estarão elencados de acordo com sua seleção, que estarão postas em ordem alfabética. Venha conosco e confira esse guia de grandes talentos!

As estrelas da Copa América 2021

Estrela da Argentina Lionel Messi Chumacero como estrela da Bolívia A Estrela do Brasil: Neymar Jr. Vidal é a estrela do Chile
🇦🇷 L. Messi 🇧🇴 A. Chumacero 🇧🇷 Neymar Jr. 🇨🇱 A. Vidal
A estrela colombiana James Rodriguez Enner Valencia é a estrela do Equador O paraguaio Gustavo Gómez é a estrela da seleção paraguaia A estrela Luis Abram do Peru
🇨🇴 J. Rodríguez 🇪🇨 E. Valencia 🇵🇾 G. Gómez 🇵🇪 L. Abram
Luis Suárez a estrela do Uruguai Yeferson Soteldo é a estrela da Venezuela
🇺🇾 L. Suárez 🇻🇪 Y. Soteldo

O craque Messi é a estrela do time da Argentina 🇦🇷

Não há nome melhor para começar uma lista de estrelas do que o de Leonel Messi. Um dos melhores jogadores da história do futebol, o craque do Barcelona chega àquela que, talvez, pode ser sua última Copa América. Melhor jogador do torneio em 2015, o camisa 10 da seleção albiceleste ainda sonha em levantar o caneco então inédito em sua vitoriosa carreira.

Do talento dele, não é preciso falar muito. Afinal, somente aqueles que estiveram em outro planeta não viram como o “ET”, como é chamado pelos torcedores do Barça, tratou a bola nos últimos anos. Porém, para esta edição, Messi assumiu um papel de protagonista e vem guiando a Argentina não só pela parte técnica, mas por sua referência como líder. Sua sede de vitórias (nunca venceu um título pela seleção principal) poderá ser o principal combustível para conseguir o tão sonhado caneco.

Conheça Chumacero, a estrela da Bolívia 🇧🇴

Principal contratação do Unión Española, do Chile, para 2021, Chumacero é um dos jogadores de maior destaque da Bolívia no cenário internacional recente. Podendo jogar como meia central ou caindo pelas pontas, o arisco jogador fez sua fama recente no Puebla, do México.

Em uma seleção que passa por uma entressafra, na qual Marcelo Moreno, outrora nome de grande destaque, passou a ser reserva do Cruzeiro, Chumacero é a aposta para conduzir os andinos a uma campanha digna.

Neymar a grande Estrela do Brasil 🇧🇷

Neymar é a referência técnica da seleção brasileira, atual campeã da Copa América. Poucos jogadores no planeta possuem tamanha capacidade para desequilibrar grandes jogos como o superastro do Paris Saint-Germain.

De qualidade técnica rara, o jogador agora soma ao talento com a bola nos pés a maior maturidade em campo, o que poderá ser o diferencial da seleção brasileira em busca do seu décimo título no certame e ainda tentar ser o artilheiro da Copa America 2021.

Arturo Vidal é o astro do Chile 🇨🇱

Arturo Vidal é o principal expoente de uma seleção chilena envelhecida, que encantou o planeta nos meados da última década, quando conquistou as Copas América de 2015 e de 2016. Volante de pegada, com rara qualidade na saída de bola, o astro da Internazionale é certeza de um futebol combativo.

Ao lado de Alexis Sánchez, seu também companheiro de Inter de Milão e dos títulos da última década, Vidal poderá ser referência para a nova geração da Roja recuperar o futebol de outrora.

Colômbia tem James Rodríguez como estrela do time 🇨🇴

Agora no Everton, da Inglaterra, James Rodríguez ainda é a principal liderança técnica do time da Colômbia para esta Copa América. “Los Cafeteros” contam com sua visão de jogo ímpar e qualidade técnica para fazer bonito em casa.

Para colocar a Colômbia de volta no topo do futebol sul-americano, James terá a parceria de Falcao García, outro jogador que marcou seu nome no futebol europeu e levou os tricolores a figurar entre as seleções mais temidas dos últimos anos.

Equador quer brilhar com a estrela de Enner Valencia 🇪🇨

Maior artilheiro da história de “La Tri”, Enner Valencia, do Fenerbahçe, é, também, a referência técnica de uma seleção equatoriana, que vem com nomes de destaque para o futuro, como Gonzalo Plata, terceiro melhor jogador do Mundial Sub-20 de 2019.

Podendo jogar pelos lados ou de segundo atacante, Valencia é a certeza de um time competitivo e que pode dar trabalho para os adversários.

O zagueiro Gustavo Gómez é a estrela do Paraguai 🇵🇾

Poucos zagueiros transmitem tanta confiança como Gustavo Gómez. Zagueiro de vigor físico e de ótima antecipação, foi um dos nomes de destaque da campanha vitoriosa do Palmeiras na Copa Libertadores de 2020, mas que infelizmente perdeu para o Tigres (MEX) no Mundial de Clubes 2020.

Pelos Guaranís, Gómez quer fazer a diferença e obter um resultado ainda melhor do que o obtido na Copa América de 2019, quando a albirroja caiu nas quartas, nos pênaltis, para a seleção brasileira.

Peru conta com Luis Abram para buscar o título 🇵🇪

Se o Peru teve uma campanha de destaque na última Copa América, quando foi vice-campeão, parte disso deve-se ao bom futebol do zagueiro Luis Abram, do Vélez Sarsfield.

Sem Guerrero e com nomes de destaque, como Cueva, Carrillo e Farfán em decadência, ele é a principal referência blanquirroja para o time andino voltar a figurar entre os destaques deste sul-americano.

Luís Suárez é a grande estrela do Uruguai 🇺🇾

Era julho de 2020 e muitos achavam que ao deixar o Barcelona rumo ao Atlético de Madrid, Luis Suárez marcava o início de uma decadência entre os melhores do futebol. Ledo engano. No clube da capital espanhola, “El Pistolero” provou que tem muita lenha para queimar, tornando-se destaque sob o comando de Diego Simeone.

Agora, seu principal objetivo é comandar o ataque da Celeste, uma das mais fortes seleções dos últimos anos. Ao lado de Cavani e municiados por Arrascaeta, os platinos têm certeza que podem fazer bonito e manter o posto de maiores campeões do certame.

Yeferson Soteldo, a estrela da Venezuela 🇻🇪

A camisa 10 do Santos, que outrora foi de Pelé, parece não pesar nos ombros do baixinho Soteldo. O venezuelano é, atualmente, um dos principais jogadores do continente, graças a uma técnica apurada, que faz dele um perigo para qualquer defesa, seja melhor que ela for.

Sob seus pés e de uma geração que vem fazendo bonito em torneios de base, a Vinho Tinto vive a esperança de ter o melhor ciclo pré-Copa do Mundo de sua história. E essa caminhada passa por uma boa Copa América. Alguém duvida?

Estrelas que poderão ficar de fora

Porém, nem tudo são flores. Basta lembrar que na última edição (2019), antes da Copa América 2021, Neymar torceu o tornozelo às vésperas do torneio e ficou de fora da conquista brasileira no sul-americano.

Além das lesões que podem tirar qualquer um desses destaques, é preciso tomar cuidado com a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), que está longe de ser controlada no continente. Por isso, é bom ficar de olho.

Mais informações: