Quem será o melhor goleiro da Copa América 2021?

Última esperança de qualquer equipe quando o gol adversário é iminente, um bom goleiro é peça-chave em toda seleção que deseja entrar para a história. E na edição da Copa América 2021, o enredo não será diferente. Não importa qual seja a seleção participante, é certeza de que um bom camisa 1 estará debaixo das traves para salvá-la.

Nesta edição em especial, teremos debaixo das traves dois goleiros que foram reconhecidos como os melhores atletas da posição em edições anteriores: Alisson (Brasil), melhor arqueiro em 2019, e Claudio Bravo (Chile), destaque debaixo das traves em 2015 e 2016.

Além deles, resolvemos elencar outros arqueiros que podem ganhar o prêmio de melhor goleiro da Copa América 2021. A lista do Futeboleiros varia entre veteranos consagrados e promessas do futebol sul-americano. Continue conosco e acompanhe!

Os favoritos para ser o melhor goleiro do Copa América 2021

Abaixo, nossa lista dos cinco favoritos para conquistarem o prêmio de melhor goleiro da Copa América 2021

Alisson é o goleiro absoluto do Brasil 🇧🇷

Se o torcedor brasileiro tem tranquilidade em alguma posição, essa é a de goleiro. Afinal, Ederson, do Manchester City, é um dos melhores arqueiros do planeta, enquanto Weverton, do Palmeiras, foi recentemente eleito o principal camisa 1 da América do Sul. Porém, ambos têm pouca chance com a camisa titular canarinho, já que Alisson, do Liverpool, é absoluto na posição, principalmente no time do Brasil na Copa América 2021.

Dono de um posicionamento incomum, Alisson é dono de inúmeros prêmios individuais recentes que o colocaram como o melhor arqueiro do planeta. Entre os quais, está o troféu de melhor goleiro da Copa América 2019, quando levou a seleção brasileira à nona conquista no certame. Será que ele consegue uma dobradinha este ano?

Conheça Wuilker Fariñez, o goleiro da Venezuela 🇻🇪

Era 2016 quando um goleiro de 16 anos estreava com a camisa do Caracas, da Venezuela, na liga principal do país. De lá para cá, Wuilker Fariñez transformou-se em realidade, sendo um dos principais jogadores da Vinho Tinto.

Dono de reflexos apurados, o camisa 30 do Lens é a certeza de que os adversários terão trabalho para superar a seleção venezuelana.

Argentina e seu arqueiro Franco Armani 🇦🇷

Os argentinos lamentam muito terem demorado para descobrir o potencial de Franco Armani. Revelado no Ferro Carril, se transferindo no Deportivo Merlo em 2008, o arqueiro foi adquirido em 2010 pelo Atlético Nacional, da Colômbia. E foi em terras Andinas que ele se superou, conquistando a Copa Libertadores de 2016 e chamando a atenção do River Plate, que reparou o erro de seus olheiros.

De volta à terra natal, Armani logo conquistou a titularidade da seleção argentina. Hoje, aos 34 anos, é a certeza de grandes defesas e esperança quando todos temem o pior.

Chile conta com a experiência do goleiro Claudio Bravo 🇨🇱

Mesmo veterano, Claudio Bravo, do Betis, ainda enche os olhos de quem o vê debaixo das traves. Aos 37 anos, o goleiro, duas vezes laureado o melhor goleiro da Copa América, em 2015 e 2016, quer o tricampeonato individual e, quem sabe, o terceiro caneco de La Roja no certame. Alguém duvida do que ele é capaz?

Gatito Fernández do Paraguai, o carrasco dos pênaltis​ 🇵🇾

Os brasileiros já estão acostumados com as defesas milagrosas de Gatito Fernández, principalmente nas cobranças de pênaltis. Frio e de ótimos reflexos, ele é um dos nomes certos para o Paraguai avançar às fases finais da Copa América 2021.

Apostas no melhor goleiro da Copa América 2021

Assim que as probabilidades de aposta Copa América 2021 para melhor goleiro forem determinadas, iremos adicioná-las aqui. No momento, nenhuma probabilidade ou aposta está disponível para o vencedor deste prêmio.

Os melhores goleiros da história da Copa América

Os prêmios individuais da Copa América só passaram a ser distribuídos em 2011, quando o paraguaio Villar foi o primeiro laureado. Ele, inclusive, fez justiça a um antecessor, José Luís Chilavert, eleito naquele mesmo ano pela Conmebol o camisa 1 da seleção de todos os tempos do torneio.

Abaixo, vamos mostrar todos aqueles que tiveram seu talento reconhecido.

2011 – Justo Villar – Paraguai

O Paraguai chegou à final da Copa América de 2011 sem vencer nenhuma partida, empatando todas até a grande decisão. E se não foi derrotado naquele certame, deve agradecer às atuações mágicas de Justo Villar.

Seja no tempo regulamentar ou na cobrança de pênaltis, ele foi o principal destaque guaraní naquela edição.

2015 e 2016 – Claudio Bravo – Chile

O bicampeonato chileno na Copa América de 2015 e 2016 deve-se principalmente às atuações seguras de Claudio Bravo. Tanto em casa, quanto na edição centenária, foi ele o grande destaque defensivo da Roja nas campanhas vitoriosas.
Agora, aos 37 anos, o veterano goleiro recuperou a posição de titular e promete parar quem estiver à sua frente.

2019 – Alisson Becker – Brasil

A campanha vitoriosa da seleção brasileira de 2019 passa pela segurança proporcionada por Alisson. Então melhor goleiro do mundo, ele mostrou seu talento em solo tupiniquim, garantindo tranquilidade à defesa canarinho mesmo frente a adversários de respeito, como a arquirrival Argentina. Naquele jogo, inclusive, teve uma defesa lendária em uma falta cobrada por Messi.

Saiba mais: