O que é a Superliga e como ela afeta o futebol mundial?

Publicado em Categorias Futebol internacional

No domingo, dia 18 de abril, foi anunciada em comunicado a criação de uma Superliga, atualmente composta por 12 equipes e prevê-se que, no total, ela seja composta por 20 equipes europeias. A UEFA e FIFA já expressaram suas divergências e sanções, mas o projeto parece continuar em andamento.

Quais times serão os membros da Superliga?

Até o momento, a Superliga é composta por 12 times, porém os “membros fundadores” serão 15.

  • AC Milan
  • Arsenal FC
  • Atlético de Madrid
  • Chelsea FC
  • FC Barcelona
  • FC Internazionale Milan
  • Juventus FC
  • Liverpool FC
  • Manchester City
  • Manchester United
  • Real Madrid CF
  • Tottenham Hotspur

A temporada está prevista para começar em agosto de 2022 e será disputada uma fase de dois grupos de dez times, com partidas de ida e volta. Os três primeiros colocados passarão para o sistema de eliminatórias de ida e volta começando nas quartas-de-final. Os quartos e quintos colocados jogarão uma eliminatória para completar as oito equipes das quartas de final. Por enquanto, nenhum detalhe foi fornecido sobre os regulamentos da liga. No momento, parece emocionante ter apenas os titãs do futebol europeu competindo, mas a UEFA e a FIFA pensam de forma diferente.

Quais são as razões para a criação de uma Superliga?

Florentino Pérez, presidente da Superliga, fez várias declarações no programa de televisão “El Chiringuito”, onde também acusou a UEFA de monopólio:

“Perdemos muito dinheiro aqui no Real Madrid, estamos todos numa situação muito ruim. Quando não há ganhos, a única maneira é jogar partidas mais competitivas durante a semana. Isso salvará os clubes financeiramente”.

También declaró lo siguiente:

Reações à criação da Superliga

A UEFA, juntamente com outras federações e ligas nacionais do continente, emitiu um comunicado alertando sobre sanções e suspensões para os participantes. Afirmam que as equipes e jogadores que participam na Superliga não podem fazer parte da Liga dos Campeões, Eurocopa 2021 e até Copa do Mundo 2022. Os jogadores também não poderão representar as seleções de seu país. Isso afeta a Liga dos Campeões, mas também questiona o que acontecerá com a Copa América 2021, Copa Ouro, Liga das Nações da CONCACAF e a eliminatorias da Copa do Mundo Catar 2022.

De acordo com alguns relatos, os clubes da Super League estarão fora da franquia de videogame FIFA, começando com FIFA 22.

Os torcedores também começaram a protestar, já que a falta das seleções fundadoras nas ligas nacional e internacional afeta as seleções menores.