UEFA nomeou um especialista em pandemia

Publicado em Categorias Eurocopa 2021 noticias

A UEFA contratou o médico suíço Daniel Koch, que prestará aconselhamento médico à organização de forma a garantir a maior presença possível de adeptos nos jogos da Eurocopa 2021.

O Dr. Koch é um especialista em pandemias globais e irá orientar a UEFA sobre as medidas a serem tomadas para garantir a máxima participação dos fanáticos por futebol nos estadios da Eurocopa 2021 e ao mesmo tempo, minimizando os riscos existentes para a saúde.

Um profissional de acordo com as necessidades

Daniel Koch tem vasta experiência no estudo de pandemias e doenças virais. Ele estudou medicina em Berna e se formou em medicina. Ingressou no Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) em 1988 e lá permaneceu por 14 anos. Dentro da organização, ele foi coordenador médico em Serra Leoa, Uganda, África do Sul e Peru.

Em 1996-1997 obteve o título de Mestre em Saúde Pública pela prestigiosa Universidade Johns Hopkins em Baltimore, nos Estados Unidos.

Foi chefe da seção de doenças transmissíveis do Escritório Federal de Saúde Pública (FOPH) da Suíça. Na mesma instituição, organizou as seções de preparação e vacinação para pandemias. Participou de um grupo de trabalho lidando com a pandemia de SARS em 2002-2003 e a gripe aviária H5N1.

O dirigente da UEFA se mostra de acordo

O presidente da organização europeia de futebol, Aleksander Ceferin, acredita que a experiência do Dr. Koch “será inestimável para ajudar a UEFA, as federações anfitriãs e as cidades anfitriãs no caminho para maximizar a presença de espectadores na EURO 2020 neste verão”

Koch também disse estar “encantado” por se juntar à UEFA para o próximo evento internacional e está muito otimista com o fato de que a colaboração próxima entre todas as partes resultará nas melhores soluções para organizar o torneio com segurança neste verão. Isso também resultará na presença de tantos fãs quanto possível em cada local e cidade.

Mais informações: