Seleção Brasileira na Copa do Mundo 2022 – Todas as informações

O Brasil já foi campeão mundial cinco vezes. Nenhum país ganhou o título com mais frequência. Entretanto, a última vitória remonta a 2002, exatamente 20 anos atrás. Desde então, o sucesso tem sido limitado. Na sua maior parte, o final da linha foi nas quartos de final. Somente em 2014, a Seleção chegou às semifinais em seu próprio país, no trágico 7×1 frente aos alemães.

Entretanto, ninguém no Brasil quer pensar nesta partida. Em vez disso, seus olhos estão voltados para o futuro: No Catar, na Copa do Mundo de 2022, finalmente haverá novamente uma verdadeira torcida.

A campanha de classificação para a Copa do Mundo da América do Sul foi, em grande parte, livre de problemas. Apresentamos a equipe com a qual o Seleção poderia enfrentar o projeto “Copa do Mundo número 6”, rumo ao Hexa!

A seleção brasileira na Copa do Mundo em análise: algumas observações preliminares

É claro que não sabemos quais são os planos exatos do treinador Tite. Portanto, estamos baseando nossas descrições principalmente nas partidas desde a Copa do Mundo de 2018 e esperamos chegar o mais perto possível do que os brasileiros irão realmente jogar no Catar. A seleção final do Brasil para a Copa do Mundo não será finalizada até o outono de 2022.

A possível escalação do Brasil para a Copa do Mundo

O Brasil joga com sistemas flexíveis sob o comando de Tite. Entretanto, o técnico geralmente prefere um 4-2-3-1 ou um 4-3-3-3, embora também tenha sido utilizado um 4-1-4-1 na final da Copa América 2021. É difícil, portanto, prever qual será a formação preferida do Tite para a Copa do Mundo.

Goleiro

A meta foi um problema para o Brasil por vários anos. Faltavam guardiães excelentes. É bom para a Seleção que esses dias tenham acabado. Alisson (Liverpool FC) e Ederson (Manchester City) lutam como os dois grandes goleiros pela vaga entre os postes, com Alisson provavelmente entrando no torneio como o número 1 e, em nossa opinião, é também o favorito como melhor goleiro da Copa do Mundo 2022.

Os dois goleiros estão endurecidos por suas apresentações na Premier League. Atrás deles, porém, fica apertado: Weverton (Palmeiras) não está nem perto do nível dos dois titulares.

Defesa

Parece um pouco incomum escrever isso sobre o Brasil, mas a Seleção pode até ter a melhor defesa do mundo. O capitão e chefe da defesa Thiago Silva (Chelsea FC), que já estará com 38 anos no Mundial, e provavelmente será a última chance, no Catar, de conquistar o título mundial com o Brasil.

 

Com o Marquinhos (Paris Saint-Germain) tem mais um excelente defesa-central. Eder Militão (Real Madrid) e Lucas Veríssimo (Benfica Lisboa) vão provavelmente sentar-se no banco de reservas.

No lado direito da defesa, Danilo deve ser o preferido ao jovem Emerson Royal (Tottenham Hotspur). Outro profissional da Juve deve ser definido na lateral esquerda com Alex Sandro. Para o seu lugar entra Renan Lodi, do Atlético de Madrid.

Meio-campo

Casemiro (Real Madrid) é o responsável pelo meio-campo defensivo. Provavelmente é apoiado pelo Fabinho (Liverpool FC). Caso contrário, jogadores como Fred (Manchester United) ou Gerson (Olympique Marseille) também poderiam atuar no meio-campo. No meio-campo ofensivo, está definido o astro Neymar (Paris St. Germain), que deve finalmente levar a Seleção ao título novamente. Seu substituto seria Coutinho (FC Barcelona).

Ataque

O ataque é tradicionalmente a parte mais forte do Brasil na seleção. Nada mudou sobre isso. A ofensiva consiste em vários jogadores de primeira linha. Na ala esquerda, Lucas Paquetá (Olympique Lyon) e Richarlison (Everton) devem duelar por uma vaga no time. Com o jovem Vinicius Junior (Real Madrid), porém, outro forte apostador se empenha por uma missão nesta posição.

Gabriel Jesus (Manchester City) deve jogar pela direita, com Raphinha (Leeds United) pronto para substituir. Como centroavante, Roberto Firmino (Liverpool FC) é a primeira escolha, e o chefe do time Tite pode contar com Gabriel Barbosa (Flamengo). É muito, muito bom o que a Seleção pode oferecer na ofensiva.

A Seleção Brasileira na Copa do Mundo

As informações mais importantes 🇧🇷 Brasil
Treinador Tite 🇧🇷  (desde 2016)
Maior êxito 5x Campeão Mundial 1958, 1962, 1970, 1994, 2002
Recorde de gols Pele (77 gols)
Recorde de jogos Cafu (142 jogos)
Jogador mais valioso Neymar (100 mi € – 19.10.21)
Valor total de mercado 805 mi € – 19.06.21
Apelido Seleção
Classificação Mundial Fifa 2. colocação – 19.10.21
Maior vitória 10:1 contra Bolívia (1949)
Maior derrota 1:7 contra Alemanha (2014)
Participações na Copa do Mundo 22 (incl. Copa do Mundo 2022)

Os talentos da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2022

O Brasil é um país que tradicionalmente produz inúmeros talentos que rapidamente se tornam de classe mundial. Nada mudou para a Copa do Mundo de 2022. Por exemplo, o ala esquerdo Vinicius Junior terá apenas 22 anos no torneio.

Com Reinier (meio-campo ofensivo) e Gabriel Martinelli (lateral esquerdo), dois jovens jogadores estão prestes a ingressar no Time A, que também tem potencial de classe mundial. Eles também podem viajar para a Copa do Mundo de 2022.

Será que o Brasil finalmente conquistará o 6º título da Copa do Mundo?

Até certo ponto, gostaria de facilitar para si mesmo e dizer: é o Brasil. A Seleção é sempre uma das favoritas da Copa do Mundo. Devido à fraqueza dos últimos anos, isso é realmente proibido. É verdade para o Catar: o Brasil terá o time mais forte desde 2002. As fragilidades no gol, na defesa e nas laterais, que vêm causando problemas desde a última conquista do título, não existem mais.

E o Brasil não só produziu talentos sólidos nessas posições, mas também jogadores de classe mundial. Não é mais só o Neymar, o que ajuda isso e a Seleção. Se você quer ser campeão mundial, primeiro tem que passar por este Brasil. E isso também se aplica à França, Itália, Inglaterra, Alemanha e assim por diante.

>> Veja todas as equipes da Copa do Mundo 2022 aqui