Futebol masculino na Olimpíada: principais jogadores

Publicado em Categorias Futebol internacional

Engana-se quem pensa que o futebol masculino da Olimpíada 2020, disputa em Tóquio, no Japão, será um torneio fragilizado tecnicamente, já que as seleções que se classificaram não poderão contar com seus principais jogadores, tendo apenas até três atletas acima de 23 anos entre os 22 convocados.

Além de Daniel Alves e Richarlison, que defendem o escrete canarinho, o torneio terá vários destaques, como na Espanha, que tem seis atletas que disputaram a última Eurocopa 2021. A Alemanha, por exemplo, conta com vários destaques da seleção campeã da Euro Sub-21 disputada neste ano.

Quer saber quais são eles? Continue conosco e confira o guia completo feito pela equipe do Futeboleiros sobre os principais jogadores e destaques dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, que estão divididos por seleções.

Seleção da Costa do Marfim 🇨🇮

Bailly

Zagueiro do Manchester United, Eric Bailly, de 27 anos, é um dos atletas marfinenses acima de 23 anos. Ele já tem 66 jogos disputados na Premiere League e 37 partidas pela seleção principais de seu país. Pelos Red Devils, foi campeão da Europa League, em 2017.

Kessié

Meia do Milan, Franck Kessié, de 24 anos, tem 46 jogos e quatro gols pela seleção principal da Costa do Marfim. Pelo clube rossonero, na última temporada, foram 37 jogos pela Série A, anotando 13 gols, sendo um dos destaques da equipe de Milão.

Seleção da Espanha 🇪🇸

Marco Asensio

Aos 25 anos, Marco Asensio não teve chances de defender a seleção espanhola na Eurocopa, mas poderá brilhar nos Jogos Olímpicos. Espécie de “12º jogador” do Real Madrid, o ponteiro quer recuperar espaço na “Fúria”.

Dani Olmo

Dani Olmo, de 23 anos, do RB Leipzig, é um dos seis atletas que estiveram na Euro 2020. No total, ele tem 16 jogos e três gols pela Fúria. Desses, cinco foram na última Eurocopa.

Eric Garcia

Recentemente contratado pelo Barcelona, Eric Garcia, de 20 anos, disputou três jogos como titular na última Euro.

Pedri

Com apenas 18 anos, Pedri, que também estava na última Euro, onde figurou inclusive na seleção do torneio, foi o jogador que mais vezes entrou em campo pelo Barcelona na última temporada. É, com certeza, um dos craques do torneio.

Unai Simón

Unai Simón, do Athletico de Bilbao, foi o dono da meta da Espanha na última Eurocopa. No total, ele tem 13 jogos com a camisa da Fúria.

Pau Torres

Zagueiro do Villarreal, Pau Torres também esteve no grupo da Espanha na Eurocopa. No total, tem 14 jogos pela Fúria.

Oyarzabal

Oyarzabal, da Real Sociedad, é um dos meia-atacantes que também estiveram na Eurocopa. Ele foi um dos destaques da campanha vitoriosa na Copa do Rei de 2020.

Seleção da França 🇫🇷

Gignac

Ídolo do Tigres, do México, onde atua desde 2015, o atacante Gignac, de 35 anos, quer completar seu ciclo com a camisa dos Bleus, que vestiu em 36 oportunidades e marcou sete gols, figurando entre os convocados na Copa do Mundo de 2010 e na Euro de 2016.

Thauvin

Campeão do Mundo em 2018, o atacante Thauvin é o novo companheiro de Gignac no Tigres. Pela seleção francesa, o atleta tem 10 jogos e um gol marcado.

Seleção do Japão 🇯🇵

Kubo

Kubo, de 20 anos, pertence ao Real Madrid, mas já foi emprestado para Mallorca, Villarreal e Getafe. O rápido ponteiro canhoto tem 11 jogos pela seleção principal.

Seleção do México 🇲🇽

Ochoa

Lembra do Ochoa pegando tudo e mais um pouco na Copa do Mundo de 2014 (ele disputou ainda outras três pelo México)? Pois bem, o goleiro de 36 anos, que tem 114 jogos pela seleção principal, quer levar à “Tricolor” a mais um ouro olímpico.

Seleção da Argentina 🇦🇷

E a Argentina? A equipe comandada por Fernando Batista tem apenas um jogador acima dos 24 anos: o goleiro Ledesma, do Cádiz. Dentre os convocados, os mais conhecidos são os meias Barco, ex-Independiente e atualmente no Atlanta United, e Mac Allister (veja vídeo acima), ex-Boca Juniors e atualmente no Brighton, além do também meia Thiago Almada, um dos destaques do Vélez Sarsfield.

Seleção da Coréia do Sul 🇰🇷

A Coréia do Sul não vai ter o atacante Son, do Tottenham, mas tem o jovem meia Lee Kang-In, do Valencia, que foi destaque da seleção no Mundial Sub-20 de 2019. A Nova Zelândia vai ter o atacante Chris Wood, de 29 anos, um dos goleadores do Burnley nas últimas quatro temporadas.