Reinaldo Rueda deixa o Chile para ser técnico da Colômbia

Publicado em Categorias Copa América 2021 noticias, Copa do Mundo 2022 noticias

Depois que o pontapé inicial teve que ser adiado várias vezes devido à pandemia do corona, os primeiros quatro dias de jogo da classificação para as eliminatórias da Copa do Mundo 2022 America do Sul no outono foram demais. Enquanto o Brasil se manteve firme com quatro vitórias e a Argentina, a segunda favorita, teve um bom começo com dez dos doze pontos possíveis, as coisas não têm corrido muito bem para outras duas grandes nações do futebol até agora.

Chile e Colômbia ocupam apenas a sexta e a sétima colocações, com quatro pontos cada, o que no final não seria suficiente nem para a classificação direta nem para a participação nos play-offs intercontinentais, que abrem um caminho de volta à Copa do Mundo 2022 pela quinta vez.

Rueda se despede com resultado equilibrado

Com isso, os dois já estão sob certa pressão para a quinta e a sexta rodadas, no final de março. A Colômbia tem duas partidas difíceis para vencer em jogos contra Brasil e Paraguai, enquanto o Chile dificilmente marcará pontos nos jogos contra Paraguai e Equador.

Ainda não está claro quem ocupará uma posição de responsabilidade no banco dos técnicos do Chile, em março. Depois da federação colombiana já ter acordado o desligamento de Carlos Queiroz em dezembro, a federação chilena FFCH anunciou o fim da cooperação com Reinaldo Rueda, que se demitiu após três anos no cargo e agora assume o comando da seleção da Colômbia.

O jogador de 63 anos, que assumiu o comando do La Roja após não conseguir se classificar para a Copa do Mundo de 2018 e ter alcançado a quarta colocação na Copa América no Brasil 2019 como sua maior vitória, teve um recorde equilibrado de dez vitórias e sete empates após 27 partidas internacionais contra o Chile e dez derrotas.

Rueda foi técnico da seleção colombiana de 2004 a 2006

Enquanto a associação chilena FFCH agradecia a Ruedas “pela dedicação, trabalho e empenho”, já se especulava que o colombiano poderia suceder Queiroz em seu país. E isso se confirmou!

Rueda já era o técnico interino da Colômbia em 2002 e de 2004 a 2006, e agora está retornando à seleção como um técnico experiente.

Quem vai acompanhar Rueda no Chile ainda está aberto. O que está claro, no entanto, é o objetivo final que o novo homem e também o futuro treinador colombiano devem alcançar: a classificação nas eliminatórias da Copa do Mundo 2022, que é ainda mais importante do que um bom desempenho na Copa América, que acontece na Argentina e na Colômbia.

>> Veja as apostas da Copa do Mundo 2022 aqui