Copa do Catar 2022 pode ser a última de Messi e Cristiano Ronaldo 

3 min. de leitura

Quando a bola rolar para a Copa do Mundo Catar 2022 podemos estar diante do fim de uma era no futebol. Isso porque dois dos principais jogadores de futebol da atualidade, Messi e Cristiano Ronaldo, podem fazer no Catar a última participação em uma Copa do Mundo. 

Cristiano Ronaldo vai para a quinta Copa em busca do título inédito

Prestes a disputar sua quinta Copa do Mundo, o português Cristiano Ronaldo, de 37 anos, ainda não comunicou oficialmente se a Copa do Catar 2022 será ou não a última que irá disputar com a camisa de Portugal. 

Porém, é muito difícil imaginar que o jogador conseguirá, aos 41 anos, disputar a sexta Copa do Mundo seguida, algo raro no futebol, ainda mais se tratando de um jogador de linha e com a entrega de CR7. 

O mais provável é que, independente do resultado conquistado pela seleção portuguesa na Copa do Mundo 2022, Cristiano Ronaldo anuncie, após o Mundial, a aposentadoria da seleção de Portugal. 

Messi a caminho da sua quinta tentativa de ganhar uma Copa 

O grande craque argentino, Lionel Messi, terá 35 anos durante a disputa da Copa do Mundo do Catar 2022, que começa em novembro. Será a quinta tentativa para Messi buscar a conquista de um Mundial com a camisa do seu país de nascimento, um dos poucos títulos que faltam ao jogador. 

Caso não consiga atingir o objetivo principal, dificilmente Messi participará de uma sexta Copa do Mundo pela Seleção Argentina. O jogador já declarou publicamente que não sabe se seguirá na seleção após a Copa do Catar 2022, e que a ideia é repensar muita coisa. 

Carreiras brilhantes, porém sem Copa

Caso não vençam a Copa do Mundo 2022, tanto Messi quanto Cristiano Ronaldo irão entrar para uma lista de jogadores que foram gênios em campo, mas não conseguiram ganhar uma Copa do Mundo pelo seu país. 

No Brasil, por exemplo, temos alguns casos. Craques como Zico, Sócrates, Falcão, Ademir da Guia, Júnior e Edmundo nunca ganharam uma Copa pela seleção brasileira. Neymar, que já tem 30 anos, também ainda não foi campeão em uma Copa pelo Brasil. 

Se formos até o continente europeu, a lista ganha nomes importantes como Beckham, Marco van Basten, Platini, Cruyff e Eusébio, ou seja, nem sempre o sucesso no clube significa títulos na seleção.