Brasil x Argentina: Histórico de confrontos

Publicado em Categorias Copa América 2021 noticias

Brasil x Argentina voltam a fazer da rivalidade entre as partes o desfecho perfeito para um torneio. Neste sábado (10), a partir das 21h, no Maracanã, as duas maiores forças do continente medirão forças para ver quem ficará com o troféu da Copa América 2021. Porém, você já se perguntou sobre quem venceu mais vezes esse confronto e quem é freguês de quem? Vamos contar!

O primeiro duelo entre as partes foi pela extinta Copa Roca, em 1914. À época, o Brasil levou a melhor, ao vencer a Argentina por 1 a 0. Esse torneio voltou a ser disputado em outras 14 oportunidades, sendo cinco sob o nome de “Superclássico das Américas”. O escrete tupiniquim faturou o caneco em 1922, 1945, 1957, 1960, 1963, 1976, 2011, 2012 e 2014, enquanto os platinos foram campeões em 1923, 1939, 1940 e 2017. O título de 1971 foi dividido.

Porém, essas não foram as únicas vezes em que as seleções se encontraram em finais. Em decisões de Copas América, como a final da Copa América 2021 deste sábado, a Argentina levou a melhor em 1937, em casa, ao bater o Brasil por 2 a 0. Nas edições de 2004 e 2007, foi hora do troco, com o escrete canarinho batendo os coirmãos nos pênaltis (4 a 2, após 2 a 2 no tempo regulamentar) e 3 a 0, respectivamente.

Em âmbito “mundial”, o Brasil também leva a melhor. Em Copas do Mundo, foram quatro jogos, com duas vitórias verde e amarelas (2 a 1, em 1974, e 3 a 1, em 1982), uma da albiceleste(1 a 0, em 1990) e um empate (0 a 0, em 1978). Os países ainda se enfrentaram na final da Copa das Confederações de 2005, com goleada brasileira por 4 a 1.

O último duelo marcante ocorreu pelas semifinais da Copa América de 2019, também disputada em solo brasileiro. No Mineirão, em Belo Horizonte, Gabriel Jesus e Roberto Firmino foram os heróis da vitória canarinho por 2 a 0, que colocaram o Brasil na grande decisão.

No geral, são 105 jogos disputados, com 44 triunfos canarinhos, 39 da albiceleste e 22 empates. Os brasileiros anotaram 176 gols, enquanto os argentinos balançaram a rede em 167 oportunidades.

Veja mais informações da Copa América: