A CONMEBOL decidiu igualar o valor das metas de viagem e de casa.

Publicado em Categorias Futebol internacional

Após proposta e discussão, por decisão da CONMEBOL, o “gol fora de casa” terá o mesmo placar que o gol marcado pela equipe anfitriã.

Uma decisão com antecedentes

Com a final da Copa Libertadores e as eliminatórias da CONMEBOL para a Copa do Mundo de 2022 aguardando seus resultados em março, surgiu uma mudança que poderia ser decisiva para o sucesso de muitas equipes. O corpo esportivo não deu mais detalhes sobre quando esta regra entrará em vigor, mas é um tópico que vem sendo mencionado há meses.

Em 2019, durante os sorteios da Copa Sul-Americana e da Copa Libertadores, foi determinado que o gol fora de casa continuaria a ser o desempate no caso de um empate no total. Diante desta decisão, o presidente da CONMEBOL Alejandro Domínguez e Rogério Caboclo, presidente da Confederação Brasileira de Futebol, disseram que eram contra esta regra.

Em abril de 2021, a UEFA fez esta mudança, basicamente, os gols marcados na prorrogação não serão contados em dobro caso o placar resulte em um empate. Se isto acontecer, a partida será decidida sobre as penalidades.

Opiniões

Ramón Jesurún, presidente da Federação Colombiana de Futebol, disse ao programa Planeta Fútbol em outubro, após uma reunião no Paraguai com a CONMEBOL:

“Esa es una propuesta que me gusta a mí y a una gran mayoría de presidentes que piensan que eso del gol visitante no es pertinente. El departamento técnico nos dará un concepto y seguramente la norma será retirada”.

O tempo provou o direito executivo, com a CONMEBOL agora imitando a UEFA nesta regra. Aguardamos mais detalhes sobre quando a regra será implementada e como ela terá impacto nos resultados dos próximos jogos, especialmente aqueles na preparação para a Copa do Mundo de 2022.

Mais informações: