Jogador de futebol se assume gay e recebe apoio de astros europeus

Publicado em Categorias Futebol internacional

Você certamente não conhece Josh Cavallo. Também pudera, ainda que acompanhe muito futebol, certamente não deve assistir a muitos jogos da primeira divisão da Austrália. Porém, saiba que o lateral-esquerdo, de 21 anos, do Adelaide United, entrou para a história do esporte ao publicar um vídeo emocionante. Nele, ele rompe o tabu e se declara homossexual. Vários astros do futebol europeu, inclusive, apoiaram sua atitude. 

“Foi uma jornada chegar a este ponto da minha vida, mas não poderia estar mais feliz com a minha decisão de sair do armário. Tenho lutado com a minha sexualidade há mais de seis anos e estou feliz por poder revelá-la”, afirmou Cavallo. 

Durante o vídeo, ele conta como é ser um jogador de futebol gay e como escondeu seus sentimentos “para se encaixar no molde do jogador de futebol profissional”. Segundo ele, ao tomar essa atitude de “sair do armário”, ele queria quebrar o silêncio com que outros jogadores vivem sua sexualidade. “Eu vivi com a suposição de que esse era um assunto sobre o qual eu nunca poderia falar”, completou.

Isso também pode lhe interessar:

Apoio dos jogadores profissionais de futebol

Seu conterrâneo Craig Foster, um ex-jogador que se notabilizou por ser ativista dos direitos humanos, aplaudiu a atitude.

“Ninguém deveria ter que esconder quem é, a bola não se preocupa com cor, raça, religião, gênero ou sexualidade”, disse.

Pouco depois, Gerard Piqué, zagueiro do Barcelona, fez coro a Foster.:

“Não tenho o prazer de conhecê-lo pessoalmente, mas gostaria de agradecer o passo que você deu. O mundo do futebol está muito atrasado e você está nos ajudando a seguir em frente”, escreveu o craque espanhol.

Antoine Griezmann, do Atlético de Madrid, também foi na mesma linha:

“Orgulho de você”, escreveu o atacante.

Pau Gasol, lenda do basquete espanhol, também fez questão de deixar sua mensagem de apoio:

“Em 2021 isso não deveria ser novidade. Obrigado por este passo em frente para o esporte. Muito bem, Cavallo!”